Notícias

(07/01/2016)
PSB ES define estratégias e prioridades para as eleições 2016


PSB ES define estratégias e prioridades para as eleições 2016


Formação e planejamento estão entre as principais estratégias adotadas


Com o objetivo de eleger vereadores e prefeitos nas eleições 2016, o PSB-ES lançou sua primeira resolução do ano, definindo suas estratégias e prioridades durante o período eleitoral em consonância ao Diretório Nacional do partido.


 A reunião, realizada na segunda quinzena de janeiro contou com a presença do presidente do PSB, Paulo Foletto, da Executiva Estadual e membros da Fundação João Mangabeira junto com o seu presidente, Renato Casagrande.


Entre as prioridades definidas, está a ampla campanha de filiação partidária, a promoção de atividades para participação dos dirigentes e lideranças estaduais e nacionais do partido e a formação e atualização das informações eleitorais.


Para Carlos Rafael, Secretário Estadual do PSB-ES, as definições da resolução contribuem para que os interesses do partido não se percam. “Na reunião de aprovação tivemos um momento de muito debate e análise, que nos levou a entender que as articulações regionais devem ser respeitadas, auxiliadas e precisam ter um direcionamento único da política no estado”, salienta.


Responsabilidade dos Municípios


Dentre as deliberações estabelecidas na reunião, a Comissão Executiva do Diretório Estadual definiu que todos os municípios deverão apresentar um Plano de Participação do PSB nas Eleições Municipais até o dia 02 de abril.


No plano deve conter todas as informações sobre os candidatos a prefeito e vereadores do PSB no município, bem como o nível de organização e regularização partidária, relatório das atividades de filiação, necessidade e/ou possibilidade de coligações na eleição proporcional e as alianças partidárias na eleição majoritária.


Coordenações municipais: trabalho em conjunto


Até o dia 22 de fevereiro, todos os municípios deverão formar uma Coordenação do Plano de Participação na Eleição Municipal, composta por até cinco membros. Para alinhar, avaliar e efetivar as estratégias, a coordenação deve ter um membro da Comissão Executiva Municipal, um indicado pela Comissão Executiva Estadual e outro detentor de mandato, sendo ele prefeito, vereador ou secretário (a) municipal.


Agenda 40


Com o objetivo de formar os seus candidatos, a Coordenação do Plano de Participação na Eleição Municipal deve elaborar e coordenar uma série de atividades públicas e pré-eleitorais, então chamada de Agenda 40, com o objetivo de garantir os interesses políticos, eleitorais e partidários do PSB. 


Municípios Estratégicos


Na reunião, a Comissão definiu cidades da Grande Vitória e grandes polos do interior como municípios estratégicos, por terem o eleitorado superior a 40 mil. São eles: Vila Velha, Serra, Vitória, Cariacica, Guarapari, Viana, Cachoeiro de Itapemirim, Linhares, Colatina, São Mateus e Aracruz.


Além de seguir todas as definições, os municípios estratégicos deverão submeter seu plano de participação do PSB nas eleições municipais à avaliação e aprovação da Comissão Executiva Estadual a fim de buscar o êxito das candidaturas.


 



Fotos