Notícias

(18/01/2018)
O adeus a Almir Lima Barros, prefeito socialista de Atílio Vivácqua


Prefeito faleceu aos 52 anos, deixando seu legado de 20 anos de militância

Com imenso pesar, o PSB-ES recebeu na noite desta quarta-feira (17) a triste notícia do falecimento do prefeito socialista de Atílio Vivácqua (PSB-ES), Almir Lima Barros, aos 52 anos. Ele lutava contra um câncer e estava afastado da função desde o dia 4 de setembro de 2017. O vice-prefeito, Josemar Machado (PDT), decretou luto oficial de três dias no município.

Natural de Atílio Vivácqua, Almir Barros estava no primeiro mandato de prefeito da cidade. Cumpriu uma extensa folha de serviços prestados ao município e ao estado do Espírito Santo, como produtor rural e homem público, que honrou mandatos de vereador, vice-prefeito e prefeito, e cargos de secretário municipal, trazendo consigo os princípios e filosofias defendidos pelo partido.

À frente da administração municipal, Almir conseguiu deixar sua marca: uma gestão transparente e humanizada, voltada para a inclusão social e a preocupação com o bem estar coletivo, sempre ouvindo a sociedade. Quadro estimado do PSB-ES, com mais de 20 anos de filiação ao partido, que guardará seu exemplo e referência política.

O presidente do PSB-ES, Luiz Ciciliotti, lamentou este momento de perda irreparável. “Um companheiro de luta, que tem uma história muito importante no crescimento do partido. Desenvolveu seu trabalho com perfeição e determinação. Meu desejo é que as coisas que ele sempre pregou possam ser realizadas. Nossos sinceros sentimentos à família e amigos para que todos tenham força para enfrentar esse momento difícil”, declarou.

Com imensa tristeza, o secretário geral do PBS-ES, Carlos Rafael, afirma que foi uma grande perda não só partidária, mas também pessoal. “A convivência por meio da militância política nos aproximou e fez crescer nossa amizade. Um homem leal, íntegro e ético, cumpridor de seus deveres. Nós do PSB-ES estamos solidários aos familiares, amigos e à toda a população de Atílio Vivácqua”, afirmou, se colocando à disposição.

Em sua rede social, o presidente da Fundação João Mangabeira, Renato Casagrande, manifestou enorme pesar pela partida de um grande amigo. “Dia mais triste! O Espírito Santo perde um prefeito batalhador, e eu perco um grande amigo. Pessoa íntegra, leal, carinhosa. Siga em paz, Almir! Seu exemplo será eternizado em nossos corações. Obrigado por tudo, meu irmão!”.

Almir era casado com a jornalista e professora Rosângela Venturi Barros e não tinha filhos. O velório está sendo realizado na Quadra Poliesportiva do Centro de Atílio Vivácqua e o sepultamento será realizado às 15h desta quinta-feira (18).



Fotos