Notícias

(05/02/2016)
"Dia de Campo": um encontro entre agricultores de São Mateus  


“Dia de Campo”: um encontro entre agricultores de São Mateus


Comercialização de escoamento da produção agrícola serão temas abordados


Tirar da terra o sustento sem agredir o meio-ambiente. Este é um dos objetivos do “Dia de Campo”, um encontro que promove a troca de conhecimento entre os agricultores mateenses a fim de aprimorar agricultura do município. Neste mês, a reunião será realizada no próximo dia 18, às 09h, na propriedade do produtor Toninho Laudêncio, localizada na comunidade Rio Preto (zona rural).


No encontro, os agricultores discutirão sobre a melhores formas de desenvolver uma piscicultura econômica e sustentável, sobre a produção de hortaliças e mudas de essências nativas de base agroecológica, com foco comercialização e o escoamento da produção. Ao final, haverá um momento de confraternização com um almoço para os participantes.


Projeto “Peixe na mesa, planta na mata”


O Dia de Campo é uma ação do projeto “Peixe na mesa, planta na mata”, que visa desenvolver a agricultura de base agroecológica, a piscicultura sustentável de espécie nativa (lambari), a produção de mudas de espécies nativas e a geração de energia alternativa.


O projeto é promovido pela Fundação de Desenvolvimento Agropecuário do Espírito Santo (Fundagres), pelo Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper),pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural no Espírito Santo (Senar), pela Associação de Agricultores Familiares da Comunidade Espirito Santo (Asafaces) e pela Secretaria Estadual de Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag) com apoio da Prefeitura de São Mateus, além de contar com patrocínio da Petrobras.


Serviço:


Dia de Campo- Projeto “Peixe na mesa, planta na mata”


Data: 18 de fevereiro, às 09h.


Local: Propriedade do produtor Toninho Laudêncio, localizada na comunidade Rio Preto (zona rural)


Como chegar:  entrar na terceira propriedade, após a entrada da Comunidade Santa Luzia (onde fica dona Aurélia).


Mais informações:


Alejandro Garcia Prado (Coordenador do projeto): 99975-3510.