Notícias

(04/09/2017)
Com recorde de participantes, Congresso Estadual elege novas lideranças do PSB-ES


Com a presença de mais de 600 militantes socialistas de todo o Estado, o 16º Congresso Estadual do PSB-ES lotou o auditório do Cerimonial Aspomires, em Bento Ferreira, Vitória, no último sábado (02), para eleger a nova composição do partido no Espírito Santo. No evento estiveram presentes o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), e o prefeito de Vitória, Luciano Rezende (PPS), além de lideranças que projetaram um partido organizado e fortalecido para 2018.


Assumindo mais uma vez o comando da sigla no Espírito Santo, Luiz Ciciliotti foi eleito novo presidente do PSB-ES, em chapa única, substituindo o deputado federal Paulo Foletto (PSB), que agora passa a ocupar a vice-presidência pelos próximos três anos. No Congresso foram anunciados também todos os 17 membros da Executiva Estadual, os 60 nomes do Diretório Estadual e os 29 delegados nacionais do partido.


Compromisso com o diálogo

No ano de véspera de eleição foi fundamental a escolha por Ciciliotti, segundo Foletto. “Optamos por um companheiro que tem muita experiência, paciência e serenidade”, disse o deputado, que vai tentar se reeleger para a Câmara. Saudando a todos os filiados e representantes dos partidos presentes, Ciciliotti reforçou seus compromissos no comando do partido e a retomada de um governo que dialogue com a sociedade.


“Agradeço aos companheiros e companheiras do diretório por me confiar a honra de presidir novamente o PSB em nosso Estado. Temos muito trabalho pela frente, mas o faremos com determinação e diálogo. Junto aos partidos aliados e os segmentos da sociedade que defendem uma nova política, construiremos o projeto em que possamos retornar ao Governo do Estado, para retomar as obras paralisadas, restabelecer o diálogo com os servidores e segmentos sociais e garantir as políticas públicas bem sucedidas do nosso governo”, afirmou o novo presidente em seu discurso.


Partido unido

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), convidado especial do evento, fez uma crítica ao governo Temer e afirmou que o PSB está mais unido do que nunca para governar com transparência e verdade, saindo em defesa de que o partido tenha um nome para governador no Espírito Santo. “O PSB sabe administrar, por onde passou deu certo. Casagrande já fez um grande trabalho, que pode ser continuado agora para que ele possa promover serviços públicos de qualidade. Estou muito satisfeito com a forma como o partido está constituído aqui, e em 2018 vai crescer ainda mais no Espírito Santo”, afirmou.


O prefeito de Vitória, Luciano Rezende (PPS), convidado do partido a discursar, também frisou com muita energia que estará ao lado do socialista, para que possam “libertar o Estado”, e fez duras críticas ao governo estadual, que segundo ele, abandonou a Prefeitura de Vitória. “Casagrande ajudou muito a cidade de Vitória, então precisamos nos organizar para ter um governo de gestão compartilhada e de diálogo com todos os segmentos, principalmente os mais necessitados, para definitivamente entrar na política do século XXI”, projetou o prefeito.


Aliança para mudar

Militantes, deputados federais, estaduais, vereadores e líderes partidários também de outras legendas, como PDT, PPS, PT, Rede, PV, PCdoB e PHS discursaram em apoio ao nome do ex-governador como candidato nas próximas eleições. Casagrande afirmou que a decisão se dará no início do ano. “Essa decisão depende de fazermos uma reflexão com o partido e os aliados, para verificar quem pode representar nosso projeto. Agora é hora de defender propostas, um projeto estadual estratégico de desenvolvimento”, disse o presidente nacional da Fundação Mangabeira.


A vice-prefeita da Serra, Márcia Lamas, relatou o quanto o PSB contribuiu para sua trajetória política e frisou a importância do Congresso Estadual para as mudanças que o Estado precisa. “É no PSB que nós aprimoramos a educação e os valores humanos. A força que esse partido mostra é o nosso Congresso que prepara para o ano de 2018 as lideranças necessárias à nova política”.



Fotos