Notícias

(26/03/2018)
Casagrande anuncia pré-candidatura ao Governo do ES


foto-casagrandeO ex-governador do Espírito Santo e presidente nacional da Fundação João Mangabeira (FJM), Renato Casagrande, anunciou na tarde desta segunda (26) sua pré-candidatura ao governo do estado nas Eleições 2018. O comunicado foi feito em uma coletiva de imprensa que reuniu os principais veículos em seu escritório, em Vitória.


No anúncio da pré-candidatura, o socialista afirmou que quer assumir a missão de desenvolver o Espírito Santo, dando continuidade à sua gestão encerrada em 2014, e retomar a eficiência dos serviços públicos à população. Ele adiantou ainda os principais pilares que devem sustentar o seu plano de governo, caso seja eleito em outubro.


“Queremos lançar um novo modelo de gestão, com ética e transparência, responsabilidade com os recursos públicos e com as pessoas, diálogo com a população e com as entidades, inovação e visão de desenvolvimento integrado das diversas regiões do Estado para levar oportunidades aos capixabas”, destacou o socialista.


Retomar o diálogo e projetos paralisados


Ele frisou ainda que o Espírito Santo está com um déficit de diálogo horizontal com a população, lembrando o episódio da greve da Polícia Militar em 2017 que resultou em 200 mortes, manchando a imagem do Estado. “Um dos nossos pilares será a democracia com alta intensidade. É hora de sepultar a arrogância, a prepotência, a falta de diálogo do governo com as pessoas. Essa forma de governar não leva a uma construção benéfica do Espírito Santo. Precisamos de humildade para governar o Estado junto com a população”, reforçou.


Casagrande reforçou ainda que pretende dar andamento aos projetos que foram paralisados na gestão atual, como o Estado Presente, a Rede Abraço e ações na área da educação. “Em 2014 fechamos como o Estado mais transparente do Brasil. Entregamos o Espírito Santo organizado, sem denúncias de corrupção, com as contas aprovadas. Por isso nosso foco é a responsabilidade fiscal, é gerenciar bem o dinheiro da população para prestar serviços adequados”, completou.


Outros focos do novo modelo serão o desenvolvimento regional, ofertando serviços de qualidade e atraindo empreendimentos em todas as regiões do Estado; a gestão moderna e inovadora, usando a tecnologia a favor, dando sequência no que foi positivo e aperfeiçoando o modelo de gestão; e a sustentabilidade, respeitando os recursos naturais.


Segundo o pré-candidato, seu principal desafio, caso assuma o executivo estadual, será reorganizar os serviços públicos, principalmente nas áreas de segurança, saúde e educação, aumentando a qualidade de vida dos capixabas. “Nossa gestão deu resultados e teve muita aprovação popular. Queremos aperfeiçoá-la em 2019 e seguir com um projeto permanente de desenvolvimento”.


Alianças


Quando questionado sobre seus aliados na disputa, o socialista apontou que vai começar a discutir possíveis alianças com diversos partidos e grupos que têm a mesma visão de justiça e democracia para trazer uma nova proposta de administração pública. Além disso, contará com a executiva estadual do PSB, na presidência de Luiz Ciciliotti, para construir uma aliança forte, para além dos partidos, que consolide sua candidatura.


Renato Casagrande foi o 47° governador do Espírito Santo – entre 2011 e 2014 – eleito com 82% dos votos válidos.