Movimentos

Movimento Popular Socialista


História

A história do Movimento Popular Socialista (MPS) é intrinsecamente ligada às associações de moradores, surgidas em meados das décadas de 1970 e 1980 devido às desigualdades sócio econômicas vigentes e da injusta distribuição de renda nacional.


O MPS é um instrumento de defesa dos interesses da sociedade com a missão de diminuir as distâncias sócio- econômicas injustas e desumanas. A organização deste movimento no PSB prima a sustentação das reivindicações das camadas menos favorecidas.


No Espírito Santo, o MPS organizou-se em 2012, realizando ações junto com as associações de moradores e intensificando a divulgação na busca de socialistas interessados em militar no nosso segmento.



Executiva (2014/2017)

Secretário Estadual
Mario Cesar do Nascimento Moreira

Secretário Adjunto
Robson Botelho

Coordenadora de Formação Política e Educação Popular
Rogéria Silva Ferreira

Coordenador Executivo de Finanças, Infraestrutura e Logística
José Valdecir Santana

Coordenador de Grupos Comunitários
Luciano Dutra Martins

Coordenador de para Assuntos de Economia Solidária, Microcrédito e Pequenos Produtores
George Silva Carvalho

Coordenador de Direitos Humanos e Cidadania
Dolar da Paixão

Coordenador de Organização, Mobilização e Participação Popular
Tiago de Oliveira Pimentel

Coordenador de Mídias e Comunicação
Eder Felipe de Albuquerque

Suplente
Geruza dos Santos

Suplente
Marcos Rudyeri Daltio


Nossa Luta

Articulação e capacitação das Associações de Moradores

As associações têm o objetivo de estabelecer um diálogo entre o poder público e a comunidade, caracterizando como um instrumento de luta popular.


Campanha Socialize da Vida- Doe Sangue e Medula Óssea

Com objetivo de estimular a solidariedade e salvar vidas, o MPS articula essa campanha em todo o Espírito Santo a fim de aumentar o número de doadores.